top of page
  • Foto do escritorQuero Ensino

O diploma EAD tem a mesma validade que o presencial?

Esta é uma das principais dúvidas de quem está pensando em fazer uma graduação EAD. Então, acalme-se porque a resposta é sim! Não há nenhuma diferença entre o diploma EAD e o presencial, já que o Ministério da Educação (MEC) equipara as modalidades presenciais e a distância.

Em 2017, o então presidente Michel Temer assinou o Decreto 9057 que atualizou a regulamentação dos cursos superiores EAD, com o intuito de atualizar as regras para a maior oferta de graduações e de pós-graduações. Assim, mais pessoas teriam acesso ao ensino superior.

Além de melhorar a forma de fiscalização do MEC, o decreto prevê várias condições estruturais para a abertura de cursos superior.

No entanto, um dos pontos principais de atualização foi a liberação para que as faculdades oferecessem exclusivamente cursos de graduação na modalidade EAD, ou seja, sem a obrigatoriedade de haver cursos presenciais. Porém, é claro, o MEC precisa autorizar o funcionamento do curso.

Além disso, o decreto passou a permitir que as próprias faculdades abrissem polos exclusivamente EAD, o que facilitou a abertura de cursos até em cidades menores. Antes, era comum que estudantes precisassem se deslocar até outros municípios para poderem estudar. Com os polos mais próximos, o contato com a faculdade torna-se muito mais fácil!

Por fim, o decreto também ressalta a manutenção da qualidade do ensino por meio de infraestrutura física e tecnológica, bem como a necessidade de um projeto pedagógico adequado e de um sistema de avaliação coerente. Tudo isso fez o diploma EAD ganhar ainda mais confiança dos estudantes e das próprias empresas.

Como o mercado de trabalho se relaciona com o diploma EAD?

Se a modalidade EAD foi uma alternativa tímida ao ensino tradicional, hoje figura como uma necessidade. Tanto que grandes empresas estão incentivando a capacitação profissional de seus colaboradores por meio de cursos a distância, como é o caso dos cursos livres e não regulamentados.

Inclusive, está sendo bastante comum que faculdades criem programas específicos de capacitação profissional e façam parcerias com organizações para a criação de grupos de atualização, o que reafirma que o mercado de trabalho para EAD é visto com bons olhos. Afinal, as empresas estão sedentas por mão de obra qualificada!

Só por isso já dá para perceber como os cursos EAD são bem-aceitos. Agora, vamos falar sobre o diploma EAD. Em primeiro lugar, saiba que, nos últimos 10 anos, o crescimento da oferta de cursos EAD no Brasil triplicou.

O Censo da Educação Superior do MEC (2019) apontou um aumento de 378,9% entre 2009 e 2019. Para você ter ideia, isso representa quase 1,6 milhão de alunos matriculados, ou 43,8% do total de matrículas!

Além disso, outro levantamento, desta vez do Censo EAD.BR 2018-2019, da Associação Brasileira de Educação a Distância (ABED), apontou que, em 2018, foram registrados 16.750 cursos regulamentados totalmente a distância e 7.458 semipresenciais.

Esses dados mostram que o ensino superior embarcou de vez na transformação digital e comprovam que cursos a distância são bem-aceitos no mercado.

Além de o MEC garantir que não há diferença entre diploma EAD e presencial, a própria dinâmica dos cursos molda-se às demandas atuais. Com as tecnologias andando cada vez mais rápido, é necessário atualizar-se de maneira prática.

Por que investir em uma graduação digital?

Agora que você já entendeu que não há dúvidas sobre a validade do seu diploma EAD, veja algumas vantagens práticas de investir nessa modalidade de graduação.

1. Flexibilidade de horário

Não precisar ir à faculdade quase todos os dias da semana é uma das grandes vantagens de cursar uma faculdade EAD. Como a maior parte das atividades acontece por meio da plataforma de estudos, os encontros presenciais ocorrem em datas específicas, normalmente para apresentação de trabalhos e realização de provas.

2. Custos reduzidos

Como a estrutura do curso não exige grandes espaços físicos, o preço da mensalidade EAD é bem mais barato que o de uma graduação presencial. E você vai economizar bastante com outras despesas, como transporte e alimentação. Seu bolso agradece, não é mesmo?

3. Estudar de onde estiver e no seu ritmo

Já pensou em estudar na varanda de casa, durante uma viagem ou no intervalo do trabalho? Pois é, graças à tecnologia EAD, é possível manter as atividades em dia de qualquer lugar do mundo e, melhor ainda, até pelo celular. Você ganha em produtividade e tem muito menos estresse.

4. Ter todos os principais materiais online

Com a plataforma de estudos online, você tem à disposição todos os materiais necessários para a realização de cada etapa. Os cursos EAD normalmente trabalham com uma série de ferramentas para a compreensão dos conteúdos. Por exemplo:

  • videoaulas gravadas;

  • aulas ao vivo;

  • podcasts;

  • fórum e canais de comunicação;

  • exercícios e até jogos.

Além disso, você conta com uma biblioteca online exclusiva e, em alguns casos, participa de eventos especiais.

5. Vestibular online

Sabia que é possível escolher uma faculdade EAD é com vestibular online? Essa é uma alternativa de ingresso muito boa para os cursos de graduação a distância, pois todo o processo seletivo acontece online ― da inscrição às provas. Além disso, você pode utilizar sua nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) para conquistar uma colocação ainda melhor.

Aonde estudar?


A Quero Ensino, setor de ensino e educação digital da Rheis Consulting, possui parcerias com faculdades devidamente registradas no Ministério da Educação, com cursos de Graduação Digital, Pós Graduação Digital e Cursos Técnicos EAD com emissão de diplomas e certificados reconhecidos pelo SISTEC/MEC. Além das graduações, possuí também Cursos Livres profissionalizantes no modo EAD Digital.

Acesse a nossa página e confira os cursos disponíveis. Preços acessíveis para novos clientes e parceiros que já realizam serviços com a gente.


14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page